terça-feira, janeiro 22, 2008

Bom dia!

A tranquilidade e sossego com que se vive no alentejo, leva a que as pessoas ainda confiem nas outras, ou pelo menos não desconfiem.

Se ao caminharem pela rua um desconhecido fizer uma travagem brusca, parar o carro ao vosso lado, abrir o vidro e lá de dentro apontar uma máquina fotográfica e disparar? Ui..... não vão gostar!

Bem, e se ao mesmo tempo que faz isto o tipo disser com voz amistosa "Bom dia amigo? A dar uma voltinha ao sol! Tá mesmo um belo dia!"...

Bem, eu uso esta táctica e costuma resultar. Bem sei que como disse aqui as pessoas ainda confiam, é um dos motivos porque não troco o meu alentejo... Barbacena, 19 Janeiro 2008. (Foto: Nuno Veiga)

6 comentários:

patologista disse...

E é por isso que sempre que posso vou ao Alentejo. Apesar da distância.

16valvulas disse...

Alentejo é especial, é por isso que por muito tempo que se passe fora um Alentejano nunca o deixa de ser, e mesmo que não se nasça por cá basta viver cá 3 meses e já se sente Alentejano, não de sangue mas de alma. É especial olhar em redor e parece que o nosso Alentejo nunca acaba, nada nos delimita, sentir o calor de 40º e mesmo com o sol a bater de fronte não deixamos de ir ao café central beber o cafézinho ou algo mais. Por muito que a vida nos atropele dizemos sempre bom dia...

Lupor disse...

Por enquanto ainda assim é. E ainda bem.
É bom viver no Alentejo. Sempre.

JMTeles da Silva disse...

Sou meio alentejano pois a minha mãe é de Évora e considero esta província a minha. Folgo em encontrar blogues de conterrâneos. Têm pois todos aqui razão: não há como esta terra, tão mal compreendida por tantos. Se me autorizar, talvez aproveite alguma fotografia para pintar.
Abraço

Xplink disse...

Á vontade. O alentejo é para ser visto e divulgado. Se no final me mandar uma foto do quadro, gostava de ver o resultado final.

Abraço,
Nuno Veiga

Erika disse...

Eu amo o Alentejo, é o único local de Portugal onde me sinto bem... as tuas fotos são magníficas, lindas, deliciosas e essa descrição do ser alentejano é tão verdadeira! No Porto as pessoas ainda confiam, mas menos do que por aí. No Porto abrem-nos os braços, mas no Alentejo abraçam mesmo... buáaaa, quero mudar-me para o Alentejo!!! Posso roubar-te fotos só para me babar sobre elas em casa, sim??? LOL